Receita: Como NÃO ter sucesso!

Depois de já muito ter lido sobre sucesso e entendendo-se este como um conceito muito subjetivo, que varia de pessoas para pessoa, grande parte das dicas para o alcançar não servem para todos. Por outro lado, se fosse tão simples não haveria tantas pessoas com a vida tão desorganizada e cheia de insucessos.

Dicas para “NÃO” ter sucesso

Assim e para provocar, segue uma série de “dicas para NÃO ter sucesso”, que o afastaram definitivamente dos resultados que quer alcançar ou famoso “sucesso”, seja lá qual for o conceito que possa ter.

Quanto maior a quantidade de pontos seguir, menor será a hipótese de ser bem-sucedido. Então lá vai:

1 – Aja como um falhado ou perdedor: Lamente-se, queixe-se, reclame e fique sempre focado nos seus problemas. Jamais procure soluções.

2 – Trate as pessoas com desrespeito, impessoalidade, indiferença. Não dê atenção a ninguém que não represente para si uma boa oportunidade de negócios. Considere-as meros números na sua estratégia.

3 – Seja mal-humorado, arrogante e mal-educado. Viva como se fosse “última bolacha do pacote”. Faça questão de não memorizar o nome das pessoas, próximas ou não.

4 – Deixe a sua saúde para depois. Afinal, dinheiro, trabalho, TV, relatórios, petiscadas, bebida, cigarros são muito mais importantes.

5 – Gaste o seu dinheiro sem planeamento e critério. De preferência gaste bem mais do que ganha. Faça dívidas, muitas dívidas, principalmente em cartão de crédito. Faça créditos intermináveis e pague por uma coisa três vezes que o valor real.

6 – Use constantemente frases do tipo: “Não sei”, “não posso”, “não consigo”, “não sei se vou conseguir”, “isso é muito difícil”.

7 – Coloque a culpa dos seus fracassos nos outros. Esta é fundamental. Jamais assuma os seus erros ou aprenda com eles.

8 – Aja como vítima. Viva a dizer que “todos estão contra si”, “que nada dá certo”, “que é um azarado”, etc, etc, etc

9 – Esteja sempre distante das pessoas que ama, como familiares e amigos. Visite-os apenas para cumprir a obrigação.

10 – Deixe tudo para amanhã. Adie tudo o máximo que puder. Seja um procrastinador nato.

Para provar que isto não é só uma brincadeira, dê-se conta a sua volta de pessoas que adotam alguns destes comportamentos e veja em que condições se encontram. E se estiver a pensar: “Conheço alguns que fazem muitas destas coisas e obtém relativo sucesso”, tenha a certeza de que é algo fugaz e efêmero. Não se pode enganar as pessoas por muito tempo, e talvez o preço a ser pago por isso seja muito mais caro no futuro.

«
»