29 Jul, 2017

Qual a diferença entre PNL e Coaching

29 Jul, 2017

A causa desta confusão está em que em muitas formações de Coaching se aprende várias ferramentas da PNL.

Para responder a esta questão, que é uma das mais frequentes, irei recorrer a uma explicação metafórica que li algures.

A diferença entre PNL e Coaching é o mesmo que a diferença entre “legumes” e “sopa de legumes”.

Clarificando, o Coaching, consiste num processo de ajuda ao outro para que possa aceder aos seus recursos internos e externos, utilizando-os para alcançar o resultado desejado, de forma ecológica (os benefícios serão maiores do que os prejuízos), estando em alinhamento com o seu potencial mais elevado e os seus valores.

Em termos simplicistas, o Coaching é um método de transformar os sonhos, com a realização de metas, podendo também envolver o esclarecimento de questões do passado que impedem a realização dos objetivos, sendo que neste caso, o foco é sempre o futuro.

Em relação à Programação Neurolinguistica (PNL), esta oferece-nos um enquadramento para a nossa forma de funcionar (funcionamos através dos nossos programas neurolinguísticos), sendo estes comportamento e hábitos recriados por esses mesmos programas.

A PNL é pois, uma metodologia para remodelar comportamentos mais eficazes, criando a mudança desejada nos nossos padrões, fazendo uma diferença significativa na assistência a clientes de coaching para que possam ter mais opções na sua forma de agir (comportamento), de sentir (emoções) e essencialmente no tipo de convicções que têm acerca de si mesmo e do mundo que as rodeia. Como método de transformação, existem modelos específicos dentro do campo da PNL para ensinar as pessoas a mudar os seus hábitos e outros comportamentos, como explorar e alterar estados internos e como definir, identificar e mudar as convicções limitadoras. Portante, em termos profissionais, um Coach poderá utilizar ferramentas de PNL no seu processo de Coaching, tendo a sua disposição talvez um dos métodos mais eficazes e transformadores, quer a nível de consistência, quer rapidez.

Assim, o Coaching está na procura de mudanças, a PNL gera mudanças de comportamento para capacitar a pessoa a atingir a sua meta.

Na atualidade e numa altura em que o Coaching está a despertar em Portugal, podemos dizer que a PNL é a ferramenta essencial para o processo de coaching.

Tenho verificado que muitos coaches (formando de coaching), após a formpnlação, procuram o aprofundamento através da PNL para melhorar ainda mais os seus resultados.

Por diversos contactos e opiniões, considero que o ideal é fazer primeiro a Formação em PNL (Practitioner em Programação Neurolinguística) antes de fazer a formação de Coaching, pois desta forma irá entender os conceitos de forma profunda, possibilitando uma melhor aprendizagem para que possa melhor escolher o que fazer depois.

«
»