01 Nov, 2017

PNL para Empresas

01 Nov, 2017

Já pensou como seria se tivesse uma equipe mais eficaz, com um nível de comunicação altamente eficiente entre os membros e departamentos, com mais segurança e empatia entre funcionários e clientes? Seguramente exponenciaria a capacidade de vender melhor, negociar e convencer, fazer melhores apresentações, motivar e compartilhar a sua visão enquanto supera objeções e obstáculos. É nisto que assenta a Programação Neurolinguística – uma excecional ferramenta para melhorar o seu negócio. Muitas das empresas líderes já estão a utilizar a PNL para fazer exatamente estas coisas e muito mais.

O aumento crescente e a diversidade de empresas que incorporam a PNL nas suas atividades diárias é a prova de que as técnicas e as abordagens inerentes podem ser usadas em pequenos e grandes negócios, organizações multinacionais, setor privado, setor público e em profissionais liberais.

Para tal poderão ser planeados diversos programas de formação/treino, adequando-os aos objetivos e necessidades prementes da empresa, entre eles:

  • Vendas e atendimento;
  • Comunicação e Relacionamento Interpessoal;
  • Resolução de Conflitos;
  • Liderança e Gestão de Pessoas;

PNL nos Negócios

Inicialmente, a PNL foi concebida como ferramenta para terapias, o que sucede também atualmente para ultrapassar fobias, diminuir a ansiedade, reduzir o stress e superar medos. Posteriormente, e após a identificação da forma como as pessoas funcionam (modo de pensar, sentir e agir), a par da habilidade de, eticamente, influenciar esses estados, a PNL tornou-se uma forma de vida excecional, com uma extraordinária aplicação prática no mundo dos negócios.

Richard Bandler (cofundador desta fantástica metodologia), começou a estudar os padrões dos grandes comunicadores do mundo dos negócios, como eram as suas mensagens, como se motivavam a si mesmos e aos outros à sua volta, como conseguiam influenciar as pessoas para seguir as suas ideias. Percebeu ao estudar estas habilidades, que as mesmas poderiam ser modeladas e transferíveis para qualquer pessoa. Vejamos, então, algumas formas para utilizar a programação neurolinguística (PNL) nas empresas:

 

Comunicação Interpessoal

A PNL oferece abordagens de comunicação a vários níveis, sendo que, atualmente, esse despertar é cada vez maior. Hoje em dia estamos mais atentos para esta necessidade, percebendo os benefícios de desenvolver habilidades interpessoais com o treino de inteligência emocional, assim como a habilidade de reconhecer padrões de linguagem (verbais e não verbais), afinando os sentidos e desenvolvendo a sensibilidade nos outros, com o objetivo de alcançar resultados definidos.

Liderança
A PNL permite que vá mais além na tarefa de se melhorar como pessoa. Pretende-se que seja uma estratégia para melhorar a relação entre o líder e os colaboradores, desenvolvendo mais sintonia com a equipa. Tendo uma visão mais ampla e consciente sobre a comunicação existente e as diversas interações estabelecidas, torna-se mais fácil perceber como a mensagem é recebida, os efeitos produzidos (feedback) e, por consequência, desenvolver uma maior assertividade.

As pessoas, muitas vezes não têm conhecimento dos pressupostos que usam na linguagem. É muito importante ter o conhecimento de como estas suposições podem provocar impactos nos outros e na forma como se sentem. Mudando a forma como comunicamos podemos fazer com que as pessoas se sintam mais à vontade, felizes e motivadas. As pessoas ao sentirem-se valorizadas e comprometidas com seu local de trabalho e com os seus resultados, irão certamente gerar mais e maiores benefícios no funcionamento da empresa, e os ganhos serão para todos.

Neste âmbito, a liderança é favorecida, uma vez que parte daí a forma como se comunica e motiva para a ação, não só quando se delega adequadamente, mas sobretudo como se expõe a visão para a equipa de forma eficaz. Está na mão de quem lidera a possibilidade de afetar positivamente a moral e a produtividade.

Apresentações 
A PNL também pode ser usada para reduzir os níveis de stress ao falar em público. Depois do medo da morte (sofrimento), o medo de falar em público é a fobia mais comum no mundo, até mesmo para pessoas com talento, este pode ser um grande desafio. Neste sentido, importa referir que as técnicas e métodos da PNL também podem ser utilizados para adquirir mecanismos internos que permitam estar mais confortável em frente a público.

Está mais que comprovado que o estado emocional do apresentador afeta e influencia o estado do público, logo é fundamental que o apresentador desenvolva um estado de recurso adequado para gerar na audiência sensações positivas e agradáveis. Ora, isto é desenvolvido através do uso específico da linguagem corporal (fisiologia) e da linguagem verbal que, combinando-se adequadamente, criam um grande impacto sobre quem está a assistir.

 

Melhorar a eficácia pessoal

A PNL pode alterar padrões de comportamento a curto, médio e longo prazo no local de trabalho, melhorando a relação e o entendimento entre as pessoas, desenvolvendo formas adequadas de responder às necessidades e desejos dos clientes, assim como dos colaboradores. A PNL auxilia nos relacionamentos, utilizando o diálogo e sobretudo o feedback de forma significativa, para além de ampliar a perceção sobre os diversos contextos. É claro para todos que as relações funcionais são essenciais para o sucesso de qualquer negócio ou na vida pessoal.

Confiança e presença

Ao utilizar a combinação das diversas técnicas de PNL, desenvolve-se uma maior confiança e presença, maximizando a capacidade de se comunicar de forma mais clara e concisa, identificando o que realmente importa, ao mesmo tempo que se criam metas mais estimulantes. Por outro lado, também possibilita um melhor domínio das emoções, nomeadamente no agir sob pressão, manter a calma, estar presente e permanecer seguro de si durante as negociações críticas.

Ao desenvolver estes estados de confiança, poderá mais facilmente utilizar a linguagem com maior precisão, articular os pontos de vista e ideias pessoais de forma pontual, criando argumentos convincentes e influentes.

«
»