22 Jul, 2017

A iluminação

22 Jul, 2017

Um dia, perguntaram a um grande mestre quem o tinha ajudado a atingir a iluminação, ele respondeu: “um cão”. Os discípulos, surpresos, quiseram saber o que tinha acontecido, e o mestre contou: – Ora bem, uma dia, estava eu a observar um cão, que parecia sedento perante uma poça d’água. Quando foi beber, viu a sua imagem refletida. O cão, ao ver aquilo, fez uma cara de assustado, e a imagem imitou-o. Depois fez cara de bravo, e a imagem arremedou-o. Então, fugiu de medo e ficou a observar a água á distância, durante umas boas horas. Quando a sede aumentou, o cão foi novamente a poça d´água e repetiu todo o ritual e fugiu novamente. Numa dada altura, a sede já era tanta que o cachorro não resistiu e correu em direção à água, atirou-se nela e saciou a sua sede. Desde esse dia, percebi que, sempre que me aproximava de alguém, via a minha imagem refletida, fazia cara de bravo e fugia assustado. E ficava, de longe, a sonhar com esse relacionamento que eu queria para mim. Esse cão ensinou-me que eu precisava de entrar em contacto com a minha sede e mergulhar no amor, sem me assustar com as imagens que eu ficava a projetar nos outros.

(Autor: Desconhecido).

Simplesmente sorria, transforme os espelhos ao seu redor.

«
»