8 regras de Schopenhauer para ser feliz

8 regras de Schopenhauer para ser feliz
8 regras de Schopenhauer para ser feliz

8 regras de Schopenhauer para ser feliz

  1. Evitar as comparações, para evitar a inveja

A primeira regra consiste em evitar a inveja. Segundo Schopenhauer, a inveja é uma emoção extremamente negativa e vivenciá-la leva-nos a um constante estado de insatisfação. A inveja afasta-nos da felicidade. Além disso, fazer comparações com os outros faz-nos duvidar de nós mesmos. Portanto, para evitar este sofrimento, o melhor é evitar comparações, pois cada pessoa é diferente da outra.

  1. Não se preocupe com os maus resultados

Outra das regras de Schopenhauer para se ser feliz prende-se com a aceitação do fracasso, muitas vezes, resultante das más decisões que tomamos. Por isso, o filósofo alemão incentiva-nos a dar sempre o nosso melhor. Quando damos o nosso melhor, não nos podemos sentir mal devido a um resultado ruim.

  1. Seguir os nossos instintos

É importante deixarmo-nos guiar pelos nossos próprios instintos, pois tal facilita o autoconhecimento.

  1. Não depender de mais ninguém para ser feliz

Esta quarta regra ensina-nos a depender apenas de nós mesmos. Se atuarmos desta forma, não nos sentiremos dececionados pelos comportamentos e decisões que estão fora do nosso controlo. Não podemos permitir que outros afetem o nosso estado de espírito.

  1. Não superestimar os desejos

Estar ciente das nossas limitações e não nos deixarmos levar por desejos irrealistas, evitará que nos sintamos sobrecarregados e frustrados se não formos capazes de os realizar. Isto não significa que não possamos sonhar. Significa simplesmente que devemos adaptar-nos à nossa realidade e possibilidades.

  1. Controlar as expetativas

Devemos aprender a ajustar as nossas expetativas, bem como os nossos desejos mais exagerados em relação a um projeto ou pessoa. Quer isto dizer que é importante desenvolvermos perspetivas mais realista da nossa vida e saber enfrentar os obstáculos da forma mais adequada.

  1. Valorizar o que se tem

Quando se trata de ser feliz, é fundamental saber olhar para além dos bens materiais, pois desta forma não sentiremos inveja e daremos valor às coisas que realmente importam. Podemos ter, por exemplo, um melhor relacionamento com os nossos amigos e familiares, dando-lhes a importância que realmente merecem.

  1. Dedicar mais atenção ao presente

 Esta última regra prende-se com o tempo excessivo que, tradicionalmente, despendemos a refletir no passado e futuro. Perder tempo a pensar nos problemas idos não nos beneficiará de forma algum, dado que não podemos mudar as decisões que tomamos nessa altura. Por outro lado, passar muito tempo a sonhar com o futuro pode conduzir a situações de ansiedade e, por consequência, à infelicidade. Portanto, devemos apenas aproveitar o presente.

 

Boas Festas e Próspero Ano Novo!

Este é o momento certo. Aproveite a circunstância atual. Renove-se e adapte-se à vida!
Curso de Programação Neurolinguística – 12h – ONline – em direto!

Basic


2
MIGUEL FERREIRA
Consultor | Formador | Advanced Master, Practitioner e Trainer em Programação Neurolinguística
Psicopedagogo, Especializado em Psicologia Clínica e da Saúde
Executive e Life Coach

a nossa newsletter

Obtenha a sua oferta agora

Preenche o formulário abaixo com o e-mail no qual queres receber o conteúdo de oferta.

👇 Preenche o formulário abaixo para te inscreveres 👇