7 maneiras de começar o próximo ano

Sete maneiras de começar o próximo ano
7 maneiras de começar o próximo ano

7 maneiras de começar o próximo ano

 

  1. Anotar as cinco principais lições extraídas do ano que finda. É importante refletir um pouco sobre as aprendizagens efetuadas e, neste processo de brainstorming e reflexão, retirar o essencial para o futuro.

 

  1. Criar e compartilhar conteúdo. A maioria dos indivíduos tende a afastar-se dos holofotes no final do ano. Não obstante, se tal se revela profícuo para alguns, a verdade é que para muitos o sucesso financeiro depende do mediatismo e da atenção. Neste caso, é importante permanecer no radar das pessoas durante o período mais lento do ano. Uma forma simples de o concretizar é através da realização de vídeos, gravação de podcasts e divulgação de escritos pessoais e criativos. É fundamental que sejamos vistos e ouvidos, pois tal facilita o contacto aquando da entrada no novo ano.

 

  1. Praticar exercício físico. A maioria das pessoas permite-se diminuir a frequência da atividade física durante o mês de dezembro. Diferentes variáveis podem contribuir para este desfecho. Contudo, manter algumas rotinas no que respeita à prática do exercício diário, aumentará a saúde em termos gerais.

 

  1. Não comer demais. Em dezembro e no Natal facilmente nos transformamos em vítimas das armadilhas suntuosas que nos atraem nesta época do ano. Exagerar é a norma, subtilmente encorajada pela maioria das pessoas. Posto isto, e porque o excesso é pernicioso, é essencial desenvolver consciência, reduzindo a velocidade e a quantidade de consumo nesta quadra.

 

  1. Estabelecer as três prioridades máximas. É comum passarmos meses e até anos sem qualquer direção ou progresso, nomeadamente, porque não definimos o que é importante para nós. Assim, antes do início do próximo ano, reclamemos alguns momentos e estabeleçamos algumas prioridades, plasmando-as no papel:
  1. Quais são os nossos principais objetivos?
  2. Quais os projetos que adoraríamos realizar?
  3. Quem adoraríamos conhecer?
  4. Quais os hábitos diários não negociáveis com que iniciaremos o novo ano?

 

  1. Fazer deste mês uma conexão. É muito apetecível e propício hibernar nesta época do ano. Todavia, é necessário que utilizemos a pausa natalícia para nos continuarmos a conectar com as pessoas, especialmente, aquelas que ainda não alcançámos. Para esse efeito, é importante, por exemplo, convidar alguns grupos para uma refeição e/ ou enviar alguns cartões exclusivos. Afinal, a rede de contactos é vibrante e calorosa, sendo um dos nossos ativos mais poderosos.

 

  1. Alimentar uma mente quieta. À medida que o ano termina, a atenção plena é a última prioridade na mente da maioria das pessoas. Estamos envolvidos em múltiplas frentes ao mesmo tempo, em modo de consumo automático, que relegamos para segundo plano a consciência. Ressalve-se, no entanto, que este hábito de não pensar nos ajuda a desenvolver uma mente mais saudável e resiliente. Uma mente imune aos desafios da vida, ajudando-nos a permanecer calmos quando os outros evoluem para uma raiva desenfreada.

 

Boas Festas e Próspero Ano Novo!

Este é o momento certo. Aproveite a circunstância atual. Renove-se e adapte-se à vida!
Curso de Programação Neurolinguística – 12h – ONline – em direto!

Basic


2
MIGUEL FERREIRA
Consultor | Formador | Advanced Master, Practitioner e Trainer em Programação Neurolinguística
Psicopedagogo, Especializado em Psicologia Clínica e da Saúde
Executive e Life Coach

a nossa newsletter

Obtenha a sua oferta agora

Preenche o formulário abaixo com o e-mail no qual queres receber o conteúdo de oferta.

👇 Preenche o formulário abaixo para te inscreveres 👇